Siga em frente

Siga em frente

“Nas frustrações encontramos tesouros escondidos. Os nossos planos frustrados abrem caminho para os planos de Deus”.
(Adilea Gomes Domingues)

Siga em frente

Se chamarem de teimosia a sua persistência, siga em frente.
Se julgarem ingênua a sua fé, siga em frente.
Se classificarem como irrealizável o seu projeto, siga em frente.
Se considerarem inútil a sua perseverança, siga em frente.
Se lhe gritarem que não vale a pena o seu gesto, siga em frente.
Para seguir em frente, mire o seu alvo sem dele jamais desviar os olhos.
Para seguir em frente, abra seu caminho por entre os escombros da desesperança.
Para seguir em frente, tome como experiências — e não mais que isto — as frustrações colhidas.
Para seguir em frente, arranque o punhal ficado em suas costas e continue, mesmo que sangrando.
Para seguir em frente, guarde as decepções nos degraus debaixo da estante, nunca como um porta-retrato sobre a mesa.
Para seguir em frente, considere as críticas injustas e as difamações maldosas que recebe como retratos falados de quem a formula.
Para seguir em frente, apague os discursos pessimistas dos que nada fazem porque nunca fizeram.
Para seguir em frente, troque o medo pela confiança, a desconfiança pela disposição.
Para seguir em frente, pare somente quando Deus — a quem você ora e dedica o que faz — claramente lhe disser para parar.
Siga em frente. Sempre.

“Em Deus, cuja palavra eu exalto, neste Deus ponho a minha confiança e nada temerei. Que me pode fazer um mortal?” (Salmo 56.4)

Reproduzido do site PRAZER DA PALAVRA, de Israel Belo de Azevedo, que pode ser ser acessado em www.prazerdapalavra.com.br.