Educando o futuro

Educando o futuro

“O futuro é construído pelas nossas decisões diárias, inconstantes e mutáveis, e cada evento influencia todos os outros”. (Alvin Tofller)

Educando o futuro

O conhecimento do futuro é algo tão desejado que as pessoas são capazes de pagar por ele, embora o resultado vendido seja sempre falso.
Nem a meteorologia, que tem alcançado notáveis competências para a curta duração, acerta todas as suas previsões.
Ações corretas hoje não garantem resultados bons depois, embora quase sempre gestos insensatos hoje tragam prejuízos certos amanhã.
Se gestos corretos hoje não garantem resultados bons amanhã, por que agir bem agora? A melhor resposta é que as ações insensatas de hoje jamais gerarão resultados bons no futuro.
Mantida a incerteza, diante dos fatores ruins a interferir em nossa história, nossa mais sábia decisão é nos empenhar pelo futuro, começando por conhecer o presente, por meio do estudo. Nenhuma oportunidade de aprender pode ser desprezada. A diversão pode esperar; a dedicação ao estudo, não. Aquilo que aprendemos hoje, mesmo que aparentemente inútil, poderá nos valer muito amanhã.
Não podemos saber as consequências do que fazemos, mas podemos ter certeza que, fazendo bem o que nos vem às mãos, gostemos ou não, nosso capricho não será em vão. Tem sempre alguém vendo o nosso esforço. E, se não houver, é saboroso mostrar a nós mesmos do que somos capazes.

Reproduzido do site PRAZER DA PALAVRA, de Israel Belo de Azevedo, que pode ser ser acessado em www.prazerdapalavra.com.br.

Habilidades

Postado em

10/07/2017