Além dos projetos

Além dos projetos

“Sem uma autoavaliação adequada, o fracasso é inevitável”. (John Wooden)

Além dos projetos

Fazer projetos não é difícil.
Quem os faz revela que acredita em suas próprias potencialidades, o que é muito bom.
Quem faz planos evidencia ainda que não vive apenas um dia de cada vez, mas imagina os próximos, o que é ótimo.
Quem projeta o futuro conta a si mesmo que não está satisfeito com o que conseguiu e quer mais, o que é excelente.
Se fazer projetos não é difícil, é muito difícil realizá-los.
Se queremos ir além de planos e projetos, precisamos tomar alguns cuidados.
Em primeiro lugar, devemos fazer planos que sejam factíveis. Projetos errados geram frustrações certas.
Em seguida, devemos criar as condições, dentro de nós e no ambiente que nos cerca para que as coisas aconteçam.
Então, devemos nos lançar ao trabalho, com confiança, coragem e criatividade.
É indispensável que nos avaliemos como estamos indo. Passada cada semana, temos que perguntar como fomos. Vencido o mês, temos que comparar o projetado com o realizado. Um semestre decorrido é tempo oportuno para vermos o que faremos no próximo, para que alcancemos as metas do ano que se aproxima celeremente do fim.
Nosso amanhã será melhor, se contabilizarmos hoje erros e acertos. A próxima semana será melhor, se revisarmos nossos gestos. O próximo semestre deve ser visto como nossa ultima chance para a realização do que sonhamos.

Reproduzido do site PRAZER DA PALAVRA, de Israel Belo de Azevedo, que pode ser ser acessado em www.prazerdapalavra.com.br.

Habilidades

Postado em

24/07/2017