“Não sabeis vós que os que correm no estádio, todos, na verdade, correm, mas um só leva o prêmio? Correi de tal maneira que o alcanceis.”
1 Coríntios 9:24

A Nova Vida

 Imagem coluna 7 (1)

 

Imagem coluna 7 (2)

O prêmio a que Paulo se refere para que nós alcancemos é a salvação, dada a nós pela graça de Deus, mediante nossa fé em Jesus Cristo. A comparação que ele faz é com uma prova de corrida. No caso do esporte competitivo apenas um se consagra o vencedor. O prêmio dado por Deus é mais abrangente. É para todos que o aceitarem.

Da mesma forma, a prática de esportes visando a saúde, superação ou algum outro objetivo pessoal que não seja competir com outras pessoas, é abrangente. Todos podem praticar um esporte com esses objetivos. Diferente do esporte de alto rendimento, onde poucos alcançarão a glória passageira da vitória.

A salvação dada a nós por Deus exige uma nova vida, que deve ser vivida de acordo com esse prêmio. Amor a Deus, ao próximo, à sua criação e abandono do pecado são algumas marcas dessa nova vida, e se manter nisso exige perseverança. O Espírito Santo que habita em nós é quem nos ajuda a perseverar. Não podemos desistir e voltar pra vida anterior.

Da mesma forma, se trocamos o sedentarismo por uma vida saudável, devemos manter uma prática regular de exercícios físicos para obter os seus benefícios. Isso também exige perseverança. Se desistirmos, todos os ganhos para a saúde obtidos serão perdidos com o tempo. Fazer o esporte que gosta, ter companhia para se exercitar e criar uma rotina são algumas atitudes que ajudam na perseverança.

Portanto, tanto na vida espiritual quanto na atividade física, devemos correr de tal maneira que alcancemos o prêmio. Devemos viver de acordo com nossas escolhas, de acordo com a nova vida, tanto a que recebemos de Deus, quanto a vida saudável que escolhemos ter.

Hugo Barreto Facundo, professor de Educação Física.

 

Compartilhe: