A grande premissa

A grande premissa

“A lei gera medo e ira; a graça gera esperança e misericórdia”. (Martim Lutero)

Quando precisamos comprar a prazo, submetemos nossas vidas ao potencial credor que avalia a nossa capacidade de honrar os compromissos que pretendemos assumir. Ao final do exame, ele chega a uma conclusão e carimba em nossa ficha: CRÉDITO CONCEDIDO. Só então poderemos comprar.
Quando competimos, nós treinamos exaustivamente, forçando nosso corpo ao seu máximo limite. No final da prova, se formos os primeiros, individualmente ou em equipe, ganharemos medalhas ou troféus de VENCEDORES.
Quando chegamos a um lugar novo, seja a uma organização, empresa ou grupo, somos examinados de alto a baixo. Se formos simpáticos, se atendermos às regras, se gostarem de nós, vão nos abraçar como ACEITOS.
Quando fazemos um concurso, estudamos muito, muitas horas por dia, durante anos, antes de preenchermos a prova, que, depois, de corrigida, receberá a nota pela qual poderemos ser APROVADOS.
Em todas estas situações, a incerteza é uma certeza. Poderemos não ter o crédito concedido, poderemos não receber a medalha de vencedores, poderemos não ser aceitos, poderemos ser reprovados.
Outra certeza, no entanto, pode nos animar: Deus nos aprova previamente. Ele nos classifica como vencedores. Somos aceitos por ele. A graça de Deus, vivida em Jesus Cristo, é um convite que nos é feito precisamente porque fomos aprovados previamente. Nada precisamos fazer para sermos amados por Deus. Já somos amados por ele.
Aceitos, seguimos confiantes pela jornada. Aprovados, buscamos as melhores coisas da vida. Vencedores, lutamos com todas as nossas forças.
Viver no compasso da graça é maravilhoso.

Reproduzido do site PRAZER DA PALAVRA, de Israel Belo de Azevedo, que pode ser ser acessado em www.prazerdapalavra.com.br.

Habilidades

Postado em

19/09/2016